Ficção Científica, Livros

Resenha – Doctor Who: 12 Doutores, 12 Histórias

Minha história com esse livro é bem engraçada. Por um descuido, acabei com duas assinaturas em sites de audiolivros e fiquei com créditos para pegar alguns títulos. Em meio a tantos, resolvi escolher este, sem ser fã do universo Who, por pura curiosidade. Ele acabou um tempo largado, mas quando resolvi ouvir, gostei bastante do conteúdo e acabei me tornando fã também da série.

Não é qualquer universo que pode receber 12 visitantes tão ilustres e acolher 12 interpretações tão radicalmente diferentes do mesmo herói.
Doctor Who, o fenômeno cultural britânico que conquistou o mundo, a série de ficção científica mais antiga da televisão, conta as aventuras do Doutor, um alienígena de aparência humana que trafega livremente pelo tempo e o espaço. Fascinado pelo planeta Terra e a humanidade, o Doutor está sempre acompanhado de um terráqueo enquanto viaja na sua nave, a TARDIS, por todos os cantos do universo e da história.
Para celebrar os 50 anos da série, completados em 2013, 12 dos maiores nomes da literatura fantástica da atualidade entre eles Eoin Colfer, Marcus Sedgwick, Philip Reeve, Richelle Mead, Neil Gaiman e Holly Black homenageiam o personagem com histórias inéditas na aguardada coletânea Doctor Who: 12 doutores, 12 histórias.
Em 51 anos de TV, o Doutor foi interpretado por 12 atores diferentes, cada um deles uma encarnação diferente do personagem, com personalidades e trejeitos diferentes. As muitas faces do Doutor e suas jornadas infinitas ofereceram aos criadores da série a liberdade de explorar não só as galáxias e profundezas do tempo, mas também temas que vão do lírico ao terror, numa verdadeira investigação do coração e da mente do ser humano.
É essa mesma liberdade de imaginação que agora vemos nas mãos de 12 dos autores de ficção mais queridos da atualidade, que foram conquistados pelas peripécias do Doutor, alguns desde que eram crianças, e que agora compartilham com os fãs dele e seus próprios leitores 12 visões muito particulares do personagem mais cativante deste lado da galáxia.
Lançada pela BBC britânica em 1963 e exibida em mais de 60 países, a série Doctor Who segue arrebatando novos fãs a cada dia e inspirando autores de fantasia e ficção científica de todo o mundo. As histórias reunidas na coletânea Doctor Who: 12 doutores, 12 histórias também estão disponíveis individualmente em e-book.
Fonte: Skoob

Para quem assiste ao seriado, esse livro é como se fosse uma extensão. As histórias são contadas em formatos de contos e parecem um novo episódio para cada regeneração do Doctor. Assim como a série, são histórias aleatórias, com diferentes companions e nos levam para diferentes situações e diferentes planetas.

Em termos de história, não tenho muito o que comentar. Como citei, é uma expansão da série então serve para quem já acompanha e quer ver mais sobre em um formato diferente ou para quem ainda não conhece, mas quer saber do que se trata. Esse segundo público, na verdade, é quem consegue tirar mais desse livro, já que em 480 páginas pode conhecer os mais de 50 anos desse seriado.

Tratando-se de uma edição comemorativa, acho que acertaram a mão: reunir diferentes autores e histórias que celebram a diversidade, criatividade e longevidade dessa história. Vale a pena para quem gosta de ficção científica e também para quem gosta de contos e leituras rápidas.

Ficha técnica:
Livro: Doctor Who: 12 Doutores, 12 Histórias
Ano: 2014
Páginas: 480
ISBN-10: 8568263046
Editora: Rocco

Previous Post

No Comments

Leave a Reply